| Mobile| RSS

A Nata Intelectual da Sociedade. Será?

segunda-feira, 2 de agosto de 2010 | posted in , , | 0 comments


Classe intelectual da sociedade, a parcela privilegiada, a “nata do leite”. Engraçado, mas percebo que ando em contramão com esses conceitos estereotipados,  não concordo e simplesmente renego a idéia de que todo o universitário é parte integrante dessa evolução social ou como indivíduo. Afinal, o que presencio no meu cotidiano é o contrário, jovens que cursam faculdades e que agem como ignorantes desprovidos de intelecto, senso comum e educação. Burros…
Vez e outra as portas da faculdade se concentra aquele pessoal que distribuí flayers e panfletos de shows e eventos. Bom, em uma instituição acadêmica responsável por formar 50.ooo alunos para a vida profissional, surpreende-me a paisagem de sujeira e situação que fica as ruas pelas mediações da instituição. Simplesmente lotada de papéis, jogados em vias públicas, e isso não é o que me aterroriza, pois é comum, infelizmente é comum. O que assusta é que nesse caso os responsáveis pela imundícia são estudantes do ensino superior, agora, não me pergunte que espécie de superioridade é essa, pois não saberei explicar.
Pensem, se os nossos universitários que pela lógica, deveriam ser um exemplo de comportamento social e ambiental tem tido tais atitudes, imaginem aqueles que não tiveram tal oportunidade de conhecerem esse mundo de conhecimento e cultura.
Outro dia mesmo, ao retornar para minha residência depois de um árduo dia de trabalho e estudo, no ônibus, a minha direita, encontrava-se um jovem, de boné, aba encurvada, estilo playboy de periferia… Estava comendo um daqueles salgadinhos como, por exemplo, Elma Chips… Quando terminou de comer, ao invés de jogar a embalagem de alumínio no lixo que estava a sua frente, levantou-se, abriu a janela e jogou na rua, com o ônibus em movimento. Agora, digam-me, que gênero de animal irracional é esse que destrói o próprio habitat natural? Do que estamos a falar? É cultural? Social? Mera questão de que educação vem de berço?
Ainda meu professor me questiona quando discordo que somos a “Parte intelectual da sociedade”. Sem generalizar para não ser injusto, existem milhares que correspondem com a expectativa, mas milhões que com sua atitudes envergonham todo o corpo acadêmico do Brasil.
Minha opinião. Se agirmos como burros, seremos tratados como burros.
E tenho como dito.

0 Responses So far

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares